MICROPIGMENTAÇÃO

Excelente opção para quem precisa estar maquiada todos os dias, a micropigmentação ou dermopigmentação, mais conhecida como maquiagem permanente, é utilizada com sucesso para maquiar os lábios, o contorno da boca, as pálpebras e as sobrancelhas. Também é um recurso eficiente como complemento de cirurgias plásticas, redefinindo a auréola dos mamilos, e na camuflagem de cicatrizes.

Apesar de ser uma técnica desenvolvida a partir dos princípios da tatuagem, o tipo de pigmento aplicado e a profundidade da pele que atinge são diferentes e específicos. O pigmento é aplicado na primeira camada da derme - logo abaixo da epiderme, região mais superficial da pele. Diferente da tatuagem, que injeta tinta na última camada da derme, na maquiagem permanente os pigmentos são à base de glicerina, cuja molécula é maior e, por esse motivo, não passam para as camadas mais profundas. Em alguns casos, depois da primeira aplicação pode ser necessário algum retoque, que deve ser feito preferencialmente depois de 30 dias, tempo necessário para a pele cicatrizar antes de ser submetida a um novo procedimento. Chegando ao resultado satisfatório, a manutenção da maquiagem somente será necessária após dois anos ou mais, dependendo do tipo de pele e de hábitos como exposição solar e utilização de cosméticos à base de ácidos, por exemplo.

.